Realizando um sonho!

Direi do Senhor: Ele é meu Deus, meu refúgio e minha fortaleza, e nEle confiarei. Meu amor... Nunca trocamos um olhar... mas posso sentir o seu coração! Nunca senti o toque delicado da sua pele... Mas sinto a sutileza de sua vida a cada minuto! Nunca ouvi o doce da sua voz... mas para nós palavras não são necessárias! Nunca me beijaste... Mas sinto entre nós uma ligação eterna e tão profunda que é inutil tentar descrevê-la! Sonho com o dia que irei segura-lo em meus braços, te dar todo o meu carinho e finalmente conhecer o seu sorriso...

sábado, 31 de março de 2012

Gravidez -34ª semana

34 Semanas de Gestação – Gravidez semana a semana

34 semanas de GestaçãoNeste momento faltam poucas semanas para o dia do parto, e certamente você e seu parceiro devem estar dando os últimos retoques finais no quartinho onde o bebê dormirá.
O seu corpo está praticamente pronto para o dia do parto, conseqüentemente você deve estar experienciando bastante cansaço além de outras incomodações. Mas, mesmo assim provavelmente você deve estar se sentindo uma das mulheres mais felizes do mundo. Então, aproveite para compartilhar essa felicidade com o seu parceiro e combine junto com ele um jantar romântico com direito à luz de velas.
Enquanto o momento do parto não chega, continue lendo e saiba quais as alterações podem ocorrer com o seu corpo durante esta semana, e as novidades sobre o desenvolvimento do seu bebê. Acompanhe:

Desenvolvimento do seu bebê

Até o final desta semana o seu bebê poderá estar medindo aproximadamente 33 cm de comprimento e pesando algo em torno de 2 quilos e 300 gramas.
Pode parecer um pouco estranho, mas a cada dia que se passa o seu bebê consegue beber cerca de meio litro de líquido amniótico, que inclusive, é o mesmo ambiente em que ele urina.
O seu bebê passa a maior parte do tempo dormindo dentro do útero, e nas horas em que está acordado ele pratica as habilidades que desenvolveu durante os períodos anteriores da gravidez. Além disso, durante este período o seu bebê estará desenvolvendo o seu próprio sistema imunológico, o qual será responsável por produzir anticorpos para protegê-lo contra possíveis invasores, tais como vírus e bactérias.
O revestimento vernix que protege a pele do bebê, agora está se tornando mais espesso, e o pêlo que cobriu o corpinho do seu bebê durante a sua estadia no útero praticamente sumiram.
Os pulmões estão estão totalmente desenvolvidos, e agora eles produzem uma substância chamada surfactante, a qual ajudará na renovação do oxigênio nos pulmões do seu bebê.
A maior parte dos bebês que estão neste período de gestação se encontram na posição de entrega (cabeça para baixo e pés para cima). Caso você ainda não saiba qual a posição do seu bebê, certamente o seu médico lhe dirá na sua próxima consulta. Portanto, não falte.

Alterações no seu corpo

Durante esta semana você poderá ter um aumento de peso significativo. O líquido amniótico atingirá sua capacidade máxima (cerca de dois litros), assim o seu bebê estará em repouso nas paredes do útero ao invés de flutuar em líquido amniótico.
Se durante algumas semanas atrás você estava sentindo algumas dificuldades para respirar, a partir desta semana você poderá não sentir mais. Isso se deve ao fato de seus pulmões deixarem de ser pressionados pela cabeça do seu bebê.
Você provavelmente já deve ter sentido algumas contrações de Braxton Hicks durante este período. A partir de agora essas contrações tendem a se intensificar. Normalmente elas são indolores e não rítmicas. Essas contrações é a forma do o seu corpo se preparar para o grande momento. Você deverá ficar atenta caso elas passem de quatro por hora, pois este é um sinal de que o trabalho de parto está próximo.
Se esta é a sua primeira gravidez, provavelmente deve estar pensando sobre o trabalho de parto. Muitas dúvidas começarão a surgir em sua mente, e algumas poderão deixar você um pouco nervosa e ansiosa, que por sinal não é bom.
Há estudos que revelam que a duração das dores no trabalho de parto estão muito relacionadas com o nível de ansiedade materna em relação ao processo do parto.
A ansiedade e estresse causam a produção de catecolaminas no sangue. Esta substância diminui a liberação de ocitocina impedindo que o trabalho não avance tão rapidamente quando deveria.
Portanto, na sua próxima consulta, tente sanar todas essas dúvidas relacionadas ao trabalho de parto com o seu médico para não haver possíveis complicações.

Um comentário:

Alice e Jairton disse...

Mais uma semaninha abençoada mamãe...
Beijinhos e ótima semana