Realizando um sonho!

Direi do Senhor: Ele é meu Deus, meu refúgio e minha fortaleza, e nEle confiarei. Meu amor... Nunca trocamos um olhar... mas posso sentir o seu coração! Nunca senti o toque delicado da sua pele... Mas sinto a sutileza de sua vida a cada minuto! Nunca ouvi o doce da sua voz... mas para nós palavras não são necessárias! Nunca me beijaste... Mas sinto entre nós uma ligação eterna e tão profunda que é inutil tentar descrevê-la! Sonho com o dia que irei segura-lo em meus braços, te dar todo o meu carinho e finalmente conhecer o seu sorriso...

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Para refletir.

"Buscai ao Senhor, e vivei" (Amós 5":6).



As Cores Da Felicidade



Um pregador e um barbeiro ateu estavam caminhando, certo dia, pela área mais pobre da cidade. Disse o barbeiro ao pregador:

- "Esta é a razão pela qual eu não posso crer que exista um Deus de amor. Se houvesse um Deus tão especial como você diz, não permitiria toda esta pobreza, doenças, miséria. Ele não permitiria que esses vagabundos viciados espalhassem drogas destruindo vidas e famílias. Não, eu não posso crer em um Deus que permite tais coisas."

O pregador ficou calado até que encontraram um homem completamente desleixado e imundo. Seu cabelo caía pelo pescoço e sua barba cobria todo o rosto. Disse o pregador:

- "Você não pode ser um bom barbeiro. Se fosse, não permitiria que esse homem continuasse a viver neste bairro sem um corte de cabelo e um barbeado."

Indignado, o barbeiro respondeu:

- "Por que me culpa pela condição deste homem? Eu não posso fazer nada por ele. Ele nunca veio à minha barbearia. Se viesse, eu poderia transformá-lo em um cavalheiro!"

Olhando penetrantemente para o barbeiro, o pregador falou:

- "Então, não culpe a Deus por permitir que essas pessoas continuem a viver desta forma. Ele convida, constantemente, a todos para vir e receber a salvação dos pecados e a vida abundante. O motivo dessas pessoas continuarem a ser escravas do pecado e do mal é que recusam a pessoa que morreu para lhes salvar e libertar."


Como tem sido nossa vida neste mundo em que vivemos? O colorido de nossas vestes espirituais e o brilho de nosso rosto tem agradado às pessoas que por nós passam ou só conseguimos transmitir uma aparência cinzenta e opaca, características de uma vida espiritual longe de Deus?

Muitas vezes nos queixamos da situação incômoda em que vivemos, da desesperança que nos abate, da falta de motivação para grandes conquistas, do conformismo que não nos permite sonhar. E por que isso acontece conosco? Por que Deus não nos socorre? Não seria exatamente porque não o buscamos? Não é fruto de nossa soberba espiritual, por acharmos que não precisamos de ninguém?

Deixemos Jesus cuidar de nós e o nosso mundo passará a ter as cores da felicidade.



Por: Paulo Roberto Barbosa
http://intervox.nce.ufrj.br/~tprobert

2 comentários:

nivaldo reis disse...

oi tia, bom dia...
ficou muito bom ,eu ainda não sei como colocar essas coisas no meu.
depois coloco mais comentarios beijos araujo...

Marcelo disse...

Seu blog tá lindo. Parabéns!!!