Realizando um sonho!

Direi do Senhor: Ele é meu Deus, meu refúgio e minha fortaleza, e nEle confiarei. Meu amor... Nunca trocamos um olhar... mas posso sentir o seu coração! Nunca senti o toque delicado da sua pele... Mas sinto a sutileza de sua vida a cada minuto! Nunca ouvi o doce da sua voz... mas para nós palavras não são necessárias! Nunca me beijaste... Mas sinto entre nós uma ligação eterna e tão profunda que é inutil tentar descrevê-la! Sonho com o dia que irei segura-lo em meus braços, te dar todo o meu carinho e finalmente conhecer o seu sorriso...

terça-feira, 14 de setembro de 2010

Esfriar, jamais... (para refletir)

"Portanto, meus amados irmãos, sede firmes e constantes,
sempre abundantes na obra do Senhor" (1 Coríntios 15:58).


Ernest Shackleton foi um grande explorador que enfrentou uma séria crise de vida ou morte juntamente com sua tribulação, quando teve que abandonar sua embarcação nas águas glaciais ao redor da Antártica. Era 1914, e a expedição de Shackleton tinha planejado cruzar as terras do continente congelado, fato que nenhum outro havia feito até então. Quando a embarcação chegou, ficou presa no gelo e afundou. A tripulação começou um teste de sobrevivência não programado de dezoito meses. Eles se mantiveram vivos flutuando, à deriva, sobre blocos de gelo até que alcançaram uma ilha onde estabeleceram um acampamento.


Quando sua provisão de alimentos começou a escassear, Shackleton e alguns membros da tripulação tomaram um barco salva-vidas que conseguiram preservar e, com ousadia, viajaram 800 milhas até uma estação de pesca de baleias. Mais tarde retornaram com um navio e todos os vinte e sete homens sobreviveram à provação. Eles representam dois tipos de pessoas durante uma crise: os que esfriam e os que, focados em um objetivo, não
desanimam. Shackleton pode ter encalhado em um dos lugares mais frios do planeta, mas ele e sua equipe nunca esfriaram.


Como temos reagido ao enfrentarmos momentos de crise? Temos estado preparados para superar os problemas, com determinação e perseverança, confiando firmemente no Deus ao qual servimos e que nos prometeu vitórias? Ou costumamos esfriar na fé e desistir diante do primeiro fracasso?
Muitas vezes, em busca de nossos ideais, constatamos que o barco de nossos propósitos encalha e até afunda, deixando-nos à deriva e sem saber para onde estamos indo.
Quando isso acontece, é imprescindível que nos mantenhamos firmes e que, com perseverança, continuemos focados na conquista de nossos sonhos.
Não se deixe esfriar pelas lutas da vida. Convide Cristo a viajar com você e mesmo diante das crises você alcançara a vitória.



Texto de Paulo Roberto Barbosa - Um cego na internet.
Visite o site e leia textos que alegrarão sua alma: 

2 comentários:

Marina* disse...

Só passei pra desejar um abençoado restinho de semana, bjoos ;)

nivaldo reis disse...

Linda mensagem...
Beijos